O Tabliteiro

Home Estudo Parceiros Tabela lidraughts Contato

65º TORNEIO DE JOGO DE DAMAS TRADICIONAL DE COPACABANA



Antes de nossa explanação sobre o evento de ontem, 10/11/2019 em copacabana, queremos, por dever de justiça, ressaltar a participação de nosso amigo NEYLSON TORRES que veio representar os colegas damistas do município de Alem Paraíba - MG nos prestigiando com sua importante presença no evento de número 65.

Também agradecemos a participação da nossa querida amiga Srª BERNADETH RODRIGUES que mais uma vez levantou o escudo na representação feminina.

No demais, Mike Ramom vencendo em sua última partida Wilian Oliveira, ultrapassou José Pereira Bomfim nos milésimos e conquistou o último evento de damas tradicional de Copacabana de 2019. Ambos somaram 10 pontos.

Como a damas é bonita hein? Tão bonita que surpreendentemente um colega damista abandonou um jogo ganho ao, supostamente, cair em um golpe aplicado pelo adversśario,"porém,contudo,entretanto", não existia golpe nenhum e tudo não passou de uma ilusão de ótica e o jogo estava ganho. Malandramente o adversário levantou-se, afastou-se um pouco da mesa e sorriu, causando um efeito psicológico devastador em seu adversário.

Ricardo Victal eestá retornando com a antiga ADRJ(Associação Damística do Estado do Rio de Janeiro) e convocou a presença de todos os damistas para uma reunião prevista para às 08:30 horas no próximo evento, 15/12/2019. Bom para o jogo de damas no Rio de Janeiro que soma forças com a AJDT(Associação de Jogo de Damas Tradicional de Copacabana) Presidida por nosso amigo João Ricardo, ADBF(Associação Damística da Baixada Fluminense) presidida por nosso querido amigo Geraldo Mangela.

Até lá, mais treinamentos e esperamos te encontrar em Copacabana na praça Sara Kubtheck no dia 15 de dezembro de 2019.

Veja como ficou a classificação geral nos links abaixo:

Classificação Geral/2019 Torneios/2019

João Ricardo / Luis Pinto Silva/ Linneu Monteiro

Contatos : damascopacabana.blogspot.com
Luiz Pinto (021) 9 9173 8257
João Ricardo (021) 9 6884 1931

Minhas Memórias




Dia 24/08/1954, eu frequentava o Grupo Escolar Dona Castorina Cavalheiro, em Campinas e me lembro que fomos dispensados da aula, devido ao "suicídio de Getúlio Vargas”.

Meu pai tinha um Bar na Rua Dom Pedro I fundo do Seminário Plesbiteriano da Av. Brasil, hoje Faculdade Makenzie e naquele dia, um grupinho de jogadores de Damas resolveu realizar um torneio, mas contavam com apenas sete jogadores e precisavam de mais um para formar número par.

Convidaram-me e aceitei. Com apenas 11 anos enfrentando as feras da época. Por não ter ficado na lanterna dessa competição, nasceu em mim, uma vontade enorme de progredir e aprender mais sobre o Jogo de Damas. Entre os participantes, havia um deficiente (faltava-lhe um dos braços) conhecido como Luizinho "bicheiro" (trabalhava como cambista do jogo do bicho) que sempre me ensinava as técnicas sobre a modalidade.

Fui crescendo, conhecendo outros jogadores, até que um dia o Luizinho me levou para conhecer um entusiasta damista Waldomiro Beretta , no Bar e Café do Povo (General Osório esquina com Barão de Jaguara) hoje um Cartório.

Jogamos umas 10 partidas e perdi 15 rss, mas recebi elogios do Mestre. Depois disso nunca mais parei. Além de jogador, fiz alguns cursos de arbitragens (Xadrez inclusive) , ajudei a introduzir o Jogo de Damas nas escolas, participando de muitas capacitações de professores da rede pública estadual.

Durante algum tempo, dei aulas para crianças jovens em diversas localidades, organizei simultâneas de Damas em Clubes Recreativos, Hotéis e Pracas Públicas a fim de divulgar o esporte, divertir e motivar as pessoas, principalmente as crianças.

Com o tempo passei a organizar torneios, além de 2 Campeonatos Brasileiros, Águas de Lindóia em 1988 e Paulínia em 1989.

Em 1990 recebi um convite para candidatar-me à Presidente da Federação Paulista de Damas, ficando por mais de 9 anos no comando da entidade. Escrevi um livro "Aprendendo o Jogo de Damas" editado em 1993.

Até hoje, são 65 anos dedicado a esse esporte e continuo como atleta, junto a terceira idade, participando dos JORIS, sempre com o objetivo de incentivar a prática da modalidade. Estou às ordens para possíveis questionamentos.

(Por: Alvacir Augusto Ferreira)



Celso Fernandes

Damistas do meu Paraná!


Dr. Eduardo Michel Vieira Gomes

Se você joga damas ou tem interesse em aprender gratuitamente, temos um grupo de whatsapp disponível para compartilharmos ideias, discussões, movimentações do jogo, tudo em síntese deste aplicável objetivo.

A ideia é futuramente, criarmos associações e integrá-las à federação paranaense, mas para isto, precisamos de damistas e agentes que possam contribuir nessa formação. O Professor Eduardo, de Francisco Beltrão/PR, pioneiro desta iniciativa, faz um grande trabalho à capacitação de professores paranaenses para divulgação do esporte na rede pública de ensino do Estado.

O jogo de damas possui características didáticas, que entorno do aprendizado, envolve o aprendiz a criar poder de decisão, indicação de alternativas lógica e matemática, desenvolvimento intelectual, social, além de integrar soluções pacíficas entre as diversidades. Por estas atribuições, a ideia do Professor Eduardo é conceder essa modalidade à disciplina nas escolas. Para fazer parte desta integração, seja como colaborador ou jogador, envie um e-mail para: eduardomvg1402@gmail.com para adicioná-lo.

Link para uma reportagem no jornaldebeltrao.com.br/

Ezequiel Libonati

CURSO BÁSICO DE JOGO DE DAMAS.
MODALIDADE 64 CASAS.

Autor: Geraldo Mangela de Souza
Coautor: Moises Felipe Roberto

A Finalidade desse Projeto é mostrar os valores educacionais do jogo de damas ao iniciante e seus aspectos no pensamento cognitivo como abstração, memorização, raciocínio, estratégica e outros. A verdade que a prática do jogo de reflexão pode aumentar de forma positiva as notas em matemática, por ser uma disciplina é essencialmente baseada na lógica... Ler mais